quinta-feira, 20 de outubro de 2011

O Zelo Da Tua Casa Me Devorará

João 2.17.  E os seus discipulos lembraram-se do que está Escrito: “E o zelo da tua casa me devorará”

   Será que ter o devido zelo pela casa do Senhor seremos devorados?


   Quando lemos esse versículo, logo pensamos: Vamos agora ser relaxados com a casa do Senhor, pois, se formos zelozos seremos devorados. Será? Vamos entender.

   Colocar ordem no templo e purifica-lo, foi o primeiro grande ato público do ministério de Jesus e, consequentemente o último também. Com autoridade e grande indignação, Jesus expulsou os vendedores que estavam invalidando o verdadeiro propósito do templo. “A minha casa, será chamada casa de oração”  (Lucas 19.46).
  
   A igreja, o templo fisíco é onde nos reunimos, e essas reuniões devem acontecer em espírito e em verdade, com o propósito certo o de adorar unica e exclusivamente à Deus e de manter os princípios biblicos invioláveis.

   O nosso amor sincero a Deus e o propósito redentor de Cristo resultará em nós, um “Zelo” incomum e consumidor pela justiça e cumprimento da palavra de Deus. E isso quer dizer que se quisermos ser semelhantes à Cristo, devemos antes de mais nada sermos intolerantes com a iniquidade, a promiscuidade e a mentira dentro da igreja. o lugar de adoração não pode ter esse tipo de comércio para fins lucrativos, sejam para qual fins forem. (igreja ou pessoal)

   Todos nós, que professamos a fé genuina em Cristo, ou, os que quizerem assim andar, devem condenar esse e outros tipo de práticas que profanam o santo. Por outro lado, não devemos esquecer do templo espiritual, que é a verdadeira igreja do Senhor, a que Jesus vai levar para morar com Ele, essa igreja que somos nós, não o templo feito por mãos humanas. Deveremos manter essa igreja santa e irrepreensível, procurando fugir de toda aparência do mal e dar bom testemunho de quem realmente somos.

   Muitos, cuidam do exterior e as vezes, exageram nisso. Acabamos nos esquecedo do interior, nem damos muita atenção para como estamos e o que estamos realmente fazendo, não ligamos se estamos vivos ou pior, se Cristo ainda vive em nós. Cuidado!

   A melhor pregação de um cristão, Não são as ministração de púlpito bem elaboradas, não são as belas palavras faladas, não são também as faculdades teológicas e sim! O seu testemunho, o trato com as escrituras e o cumprimento delas.

   O ministério de um Cristão começa em casa, tendo o aval total dos filhos (as) e do conjuge, um testemunho verdadeiro requer prática vivida, requer renúncia provada, requer verdadeiramente colocar em prática tudo aquilo que se ouviu falar e o que está escrito nas sagradas escrituras.

   Se optarmos em viver verdadeiramente Cristo em nós, o “Zelo” Pela obra irá nos devorar. Mas, seremos verdadeiros, com conosco, com o mundo e com Deus. O nosso testemunho, os nossos frutos serão vistosos e desejados, e a prova disso, a nossa maior recompensa  vai ser a nossa morada no céu.

   Queridos! Vivamos esse evangelho na prática e assim, poderemos pregar aquilo que realmente estamos vivenciando, ou, poderemos parar, pois, estaremos pregando um falso evangelho aonde não vai edificar nenhuma vida e não pruduzirá fruto algum.

Algo a se pensar! Não? Pr. Ton

4 comentários:

  1. Por Nascimento Almeida.

    Serei breve.

    1) O texto de Mt. 21, Mc.11, Lc.19 e Jo.2 referem-se exclusivamente ao templo (construção)casa de oração.

    2) vendiam objetos de culto da lei mosaica (bois, ovelhas e pombinhas para os mais pobres prestarem culto a Deus) enriqueciam com aval dos sacerdotes vendendo o sagrado, e o profano.
    3) Hoje é feita a mesma coisa. Vendem com desculpa de ajudar a obra, Pq não doam? pecam do mesmo jeito, fora outras mazelas no templo onde a lei e a ordem devem prevalecer pela palavra que cura. Um abraço a todos. Santifiquemos o templo exterior igualmente ao templo interior.

    ResponderExcluir
  2. Por Nascimento Almeida:

    COMPLEMENTANDO: quando Jesus disse: "o zelo da tua casa me devora", ele disse: me atormenta me consome de ódio em ver a casa de oração transformada em comércio. DEVORAR aqui denota o grau de intolerância de Jesus. por isso ensinei minha igreja a não vender nada em prol da obra. a zeladora que mora lá, como não recebe nada da Igreja, vende lá na casa dela, nos fundos, para seu próprio sustento. Devido a essa postura, hoje somos proprietários daquele imóvel que pagávamos aluguel.
    um abraço! conheço tua humildade e o grande desejo de buscar conhecimento por isso te escreví.
    Att.
    nascimento

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E os seus discípulos lembraram-se do que está escrito: O zelo da tua casa me devorará.
      João 2:17

      Excluir
  3. Concordo em genero número e em grau.

    Devemos nessa hora saber dividir bem as coisas, lugar de oração e de adoração é lugar de oração e de adoração e ponto. Se quisermos viver um verdadeiro evangelho, tudo isso deve ser bem observado e colocado em prática, para depois, se assim for, poder cobrar.

    Um grande abraço meu querido amigo de ministério e a quem tenho grande apreço. Obrigado pela confiança.

    Claydston Rodrigues...

    ResponderExcluir